Varzim-FC Porto (Lusa)

Vitória tranquila, num jogo sem grandes sobressaltos, onde Osvaldo foi quem mais se destacou, mas pelo seu desperdício.

Venha agora o Ben… ups o Maccabi Tel Aviv(aquela promoção da RTP até me confundiu).

Vamos às vedetas e aos pernetas:

Vedetas

Tello – Bom jogo do extremo espanhol. Foi um grande quebra cabeças para os defesas poveiros. Com a sua já habitual rapidez, desequilibrou toda a defesa contrária. Fez um golo e serviu Osvaldo várias vezes de bandeja, faltando apenas o acerto do italo argentino.

Bueno – Até que enfim vimos o espanhol em campo. Sempre muito interventivo, quer nas desmarcações, quer no passe (foi dele o passe para o golo de Tello). Jogador a rever e a merecer se calhar mais oportunidades.

Pernetas

Osvaldo – Apenas merece esta “distinção” pela forma displicente como abordou alguns lances. Esteve ativo nas desmarcações, viu-lhe a possibilidade de marcar ser mal anulada pelo árbitro logo no inicio do jogo, mas aquele falhanço na cara do golo, digno de figurar nos falhanços do ano nas resenhas desportivas de final de ano, após passe fantástico de Tello, e a forma como tentou o chapéu ao guarda redes contrário, já perto do final, de uma forma completamente desgarrada e sem confiança, fazem-no merecer esta nota.

Seguem-se agora dois jogos importantes. Terça contra o Maccabi e domingo contra o Braga são dois jogos para ganhar e continuar a somar para atingirmos o objetivo final.

Anúncios