Nem quero acreditar em quem nos vai apitar no jogo do próximo fim de semana na Madeira contra o União.

Realmente para Vítor Pereira ver o seu amor a uma distância tão grande da liderança deve assustar, então toca a voltar às nomeações “cirúrgicas”.

Estou com um mau pressentimento disto tudo.

Anúncios