Ontem ao ligar o televisor e em modo zapping reparei que o estádio do Tondela estava com umas dimensões maiores que o habitual.

Deixei-me estar a ver uns segundos o jogo, onde a equipa visitante estava a vencer a da casa por 2-0 e foi então que reparei que a casa do Tondela era precisamente a mesma do Arouca quando jogou contra esta mesma equipa.

Resumindo, estavam a jogar em campo neutro. Reconheço que desconhecia que tal jogo se iria jogar em Aveiro, daí a minha admiração.

O que me faz insurgir contra este tipo de situações é que não tem havido igualdade de tratamento. O Arouca quando jogou contra nós, fê-lo no seu próprio estádio, bem mais difícil que jogar em Aveiro e agora vou ver se o Tondela terá o mesmo tipo de “cortesia” para connosco, porque de 17 jogos fora, fazer apenas 15 deles realmente em casa do visitado, enquanto os outros têm de fazer os 17 jogos REALMENTE fora é no mínimo desonesto.

Anúncios