Ontem deparei-me com uma publicação do nosso clube a criticar a utilização dos nossos três jogadores do meio campo no jogo contra o Luxemburgo da passada terça feira.

Não consigo perceber a razão das criticas. Se era por jogarmos no sábado para a Taça contra o Angrense ainda menos entendo, uma vez que, duvido muito que fossem primeiras opções para o referido jogo, já que penso, que este tipo de jogos é que são bons para dar oportunidades a jogadores menos utilizados e descanso a quem joga mais vezes.

Não quero desprestigiar o adversário, que certamente nos irá colocar algumas dificuldades, mas mau era se o nosso treinador não aproveitasse estes jogos para fazer a sua tão querida “rotatividade”.

Depois penso também ser bom para os atletas em questão jogarem (e que bem jogaram) pela nossa seleção. Dá-lhes projeção, motivação e ânimo.

Para terminar pergunto se não seria melhor ver a nossa SAD de viva voz, ou através de publicações a fazer um combate eficaz contra a passividade com que os órgãos de direito têm tratado o caso dos vouchers aos árbitros, das acusações feitas por Marco Ferreira, ou as ameaças do tipo “sei o que fizeste no Verão passado” de um conhecido treinador da nossa praça a um árbitro?

Mas não, ao invés disso preferem continuar a disparar contra a FPF, porque, e juro que não sei porquê, o seu Presidente desde há uns anos a esta parte se tornou o ódiozinho de estimação da nossa SAD.

A isto é que chamo disparar ao lado.

Anúncios