Busca

Até os Comemos Carago

mês

novembro 2015

O Alberto é Bueno!

bueno

Dois golos de Alberto Bueno e uma exibição cinzenta, nomeadamente na segunda parte, bastaram para levar de vencida o modesto Angrense e apurar-mo-nos para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Com um onze completamente “alternativo” o FC Porto entrou muito bem no jogo, com rapidez e com vontade de resolver cedo a eliminatória.

E foi mesmo na primeira parte que conseguimos fazer o resultado final graças a dois golos do espanhol.

A segunda parte, já com a eliminatória resolvida, foi um enorme bocejo, portanto vamos já passar aos destaques:

Vedetas

Alberto Bueno – É caso para dizer, este Alberto é Bueno. Dois golos, muita mobilidade, boa visão de jogo, tudo predicados que justificam uma aposta mais séria neste espanhol.

Vitor Garcia – Bom jogo do lateral direito que anda pela nossa equipa B. Rápido, forte a atacar e certinho a defender. Gostei.

Pernetas

A equipa na segunda parte – Confesso que não vi com especial atenção a segunda parte, até porque ia alternando primeiro com o andebol (grande vitória dos nossos rapazes) durante algum tempo, mas do que vi foi muito, mas mesmo muito mau.

De todas as formas o mais importante foi conseguido. Estamos apurados para os oitavos e agora é começar a preparação para o jogo de terça contra o Dínamo de Kiev que nos pode dar o apuramento para os oitavos da champions.

ENORMES!

O andebol do FC Porto continua a fazer história nesta edição da Liga dos Campeões ao bater os vice campeões espanhóis por 35-31 atingindo assim a liderança isolada do grupo de apuramento.

Sem dúvida alguma uma caminhada para ficar na história do andebol português e do nosso clube.

Vocês não são grandes, vocês são ENORMES!

Porque não vi na TV?

O FC Porto foi recebido em apoteose nos Açores, onde vai defrontar o Angrense para a Taça de Portugal esta tarde.

Depois de termos tido a confirmação que somos o clube português com mais adeptos no mundo e de nada se ter falado acerca disso na comunicação social, temos agora mais uma situação a passar despercebida à nossa imprensa.

Fosse outro o clube a ser recebido assim em festa e provavelmente seria notícia de abertura em todos os telejornais.

Mas nós por cá andamos.

Contra tudo, contra todos e contra os tolos.

Disparar ao lado

Ontem deparei-me com uma publicação do nosso clube a criticar a utilização dos nossos três jogadores do meio campo no jogo contra o Luxemburgo da passada terça feira.

Não consigo perceber a razão das criticas. Se era por jogarmos no sábado para a Taça contra o Angrense ainda menos entendo, uma vez que, duvido muito que fossem primeiras opções para o referido jogo, já que penso, que este tipo de jogos é que são bons para dar oportunidades a jogadores menos utilizados e descanso a quem joga mais vezes.

Não quero desprestigiar o adversário, que certamente nos irá colocar algumas dificuldades, mas mau era se o nosso treinador não aproveitasse estes jogos para fazer a sua tão querida “rotatividade”.

Depois penso também ser bom para os atletas em questão jogarem (e que bem jogaram) pela nossa seleção. Dá-lhes projeção, motivação e ânimo.

Para terminar pergunto se não seria melhor ver a nossa SAD de viva voz, ou através de publicações a fazer um combate eficaz contra a passividade com que os órgãos de direito têm tratado o caso dos vouchers aos árbitros, das acusações feitas por Marco Ferreira, ou as ameaças do tipo “sei o que fizeste no Verão passado” de um conhecido treinador da nossa praça a um árbitro?

Mas não, ao invés disso preferem continuar a disparar contra a FPF, porque, e juro que não sei porquê, o seu Presidente desde há uns anos a esta parte se tornou o ódiozinho de estimação da nossa SAD.

A isto é que chamo disparar ao lado.

Doze anos!

Antes de mais as minhas desculpas pela ausência mais ou menos prolongada, mas por motivos profissionais tem-me sido completamente impossível andar nestas vidas, e por via disso, este post surge com um dia de atraso.

Ontem o nosso Estádio do Dragão fez doze anos. Quis o destino que fosse inaugurado no dia em que eu fazia 1 ano de casado.

O colosso Barcelona veio apadrinhar a estreia, com um jovem que também fazia a sua aparição na equipa principal “blaugrana” nesse dia. Um tal de Lionel Messi, sabem quem é?

Vencemos por duas bolas a zero com golos de Derlei (o ninja) e Hugo Almeida como vem documentado em baixo.

Inauguração Estádio do Dragão

Foram vários os momentos de alegria vividos neste Estádio.

A vitória sobre o Manchester United na caminhada para o título europeu, os 5-0 sobre o nosso rival interno, o grande jogo contra o Villareal em 2011 entre muitos outros, mas para mim o melhor momento de todos, foi indiscutivelmente este:

Momento K

Que venham mais 12 anos de alegrias e poucas tristezas como estes.

Parabéns Dragão. Parabéns. FC Porto!

Mais um prémio!

Já começa a ser recorrente falar de Rúben Neves, e sempre pelos melhores motivos.

Desta vez foi premiado como a Jovem Promessa do Ano pela Confederação do Desporto de Portugal.

Sendo já um dos capitães de equipa do nosso clube, Rúben vê assim as suas brilhantes prestações serem mais uma vez premiadas.

Bravo Rúben, espero que por cá continues a espalhar magia.

Agradável!

FC Porto-Vitória Setúbal (Lusa)

Jogo agradável, com uma vitória super justa este contra um Setúbal que nos tentou dificultar ao máximo a vitória.

Dois golos, um punhado de oportunidades perdidas, boas jogadas, jogadores que parece que o banco lhes está a fazer bem e outro que tendo começado a época no banco, começa a querer afirmar-se no onze em definitivo, foi o que assistimos hoje.

Vamos aos destaques:

Vedetas

Layún – Está em grande forma. Ataca muito bem, é dos que melhores cruzamentos sabe fazer nesta equipa e começa aos poucos a ganhar a confiança necessária para fazer uma grande época. Mais um golo, a tirar partido do facto de ser destro e jogar pela esquerda.

Aboubakar – Mais uns quantos golos falhados, mas saúda-se o regresso aos mesmos com um excelente cabeceamento. Lutou como sempre. Vi-o muitas vezes a ganhar a bola cá atrás. Mesmo sem concretizar é um elemento importante nesta equipa.

Tello – Parece que a estadia inicial no banco lhe fez bem. Está a atravessar um bom momento e isso nota-se em campo.

André André – Começou no banco, mas em 45′ fez mais que suficiente para ser (mais uma vez) dos melhores. Não sabe jogar mal, joga e faz jogar. Hoje por hoje, talvez seja o jogador mais influente da equipa.

Imbulla – Parece que a estadia no banco lhe está a fazer bem. Que grande jogo fez desde que entrou. Raramente perde a bola, consegue-a levar da defesa para o ataque sempre em velocidade. É deste Imbulla que precisamos.

Pernetas

Rúben Neves – O capitão hoje esteve abaixo do seu habitual. Talvez o amarelo o tenha condicionado, porque realmente hoje não era dia para ele.

Em suma, foi uma boa vitória, estamos na luta e sempre à espera que a sorte que tem acompanhado os atuais líderes acabe em breve.

Melhor em campo: FC Porto – V Setubál

A importância do número cinco!

Porque o número cinco é um número que nos diz muito, e ontem fez precisamente cinco anos que fizemos isto que o vídeo em cima mostra, ao nosso principal rival interno.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

nonagésimo segundo minuto

blogue de um portista indefectível exclusivamente para dragões dos quatro costados

Imbicto Poema

De Imbicto Portista para Portista Imbicto, um tribunal de reflexão e debate universal sobre o FC Porto

pedalo pela cidade

... mas também caminho por montes e vales!!!

+ EDUCação

Jornal da Educação de Valongo

O Mundo de Alice

um passeio pela vida e pelo mundo

Aventar

Expor ao vento. Arejar. Segurar pelas ventas. Farejar, pressentir, suspeitar. Chegar.

Porta 19

CURIOSO. CRÍTICO. PARVO. BARRIGUDO. CARECA. ADEPTO. SÓCIO. PORTISTA.

BiTri

Prognósticos só no final do jogo