A pouco mais de duas horas do inicio do União da Madeira – FC Porto, jogo em atraso da 9ª jornada, o já habitual nevoeiro está a fazer a sua aparição em força.

Ora, sabendo que ali é mais do que habitual este fenómeno climatérico, e já tendo que ir lá uma vez por época defrontar o dono do terreno (Nacional da Madeira), porque carga de água é que ainda temos de nos sujeitar a uma segunda visita lá?

Sei que existe um diferendo entre o Marítimo e o União devido à utilização do Estádio dos Barreiros e derivado a isso o União tem de andar a jogar por outros lados, mas agora pergunto: – O estádio dos Barreiros não deveria ser para todos? Ou é só do Marítimo? Se assim o é, porque carga de água é que se permite que um clube sem “casa” possa disputar os campeonatos profissionais?

Não sei se o nevoeiro vai dar tréguas ou não, mas que toda esta situação é lamentável, lá isso é.

 

Anúncios