“Após o jogo, um jovem adepto dos dragões, que assistia ao encontro numa cadeira de rodas, ficou sem o cachecol e sem a camisola oferecida por Gudiño, por ação de simpatizantes do Benfica. A tensão prolongou-se e a comitiva do F. C. Porto teve mesmo de deixar o estádio sob escolta.” – JN

Que valentões estes grandessíssimos filhos de uma p…

São mesmo uns anjos. Depois dos desacatos em Guimarães a época passada, onde saquearam o armazém do clube local, depois dos desacatos em Madrid, ou os da semana passada entre eles próprios, decidem agora roubar uma criança de cadeira de rodas. São mesmo valentes estes “mauzões”.

Só lamento é nenhum jornal desportivo tenha dado ênfase a esta notícia. Tivessem sido adeptos nossos e estaria em grande destaque  nas capas dos mesmos. De todas as formas, a cobardia e a filha da putice fica para aquele grupo de bestas que protagonizaram tal ato.

Para a história desse jogo fica também a vitória do nosso clube e o consequente apuramento para as meias finais da Premier League International Cup, mas depois do que relatei em cima, o resultado do jogo é o menos importante.

Anúncios