FC Porto-Boavista (Estela Silva/Lusa)

Terminou hoje o campeonato para o FC Porto. Um campeonato para não repetir, cheio de erros de casting, quer ao nível de treinadores, quer ao nível de jogadores e que espero não se volte a repetir.

Mas o que me leva a escrever hoje é apenas e só para felicitar um miúdo cheio de talento, que embora não use tranças e não tenha os me(r)dia com toda a sua máquina a fazer dele o melhor do mundo e arredores, está a palmilhar o seu caminho, com passos seguros e firmes.

Falo de André Silva, que hoje se estreou a marcar pela equipa principal. Mais do que um goleador, parece-me ser um jogador de equipa, que cria espaços para os outros, sabe jogar com os pés, vem buscar jogo cá atrás, em suma, tem tudo para vir a ser grande.

Agora só espero que o meu clube não o deixe cair, como já o fez com muitos outros. Se queremos voltar a triunfar não se pode desistir da nossa formação. Se podemos jogar só com a nossa formação? Acho que não. Precisamos de um misto de jogadores da casa com outros que, vindos de fora, têm de ter qualidade e, acima de tudo, vontade de vestirem o nosso brasão.

Por isso quero deixar aqui os meus parabéns ao André e o desejo de o ver festejar muitos golos pelo nosso clube.

Anúncios