Quando em janeiro Lopetegui foi despedido falou-se muito de Sérgio Conceição para o nosso clube, o que não se veio a concretizar.

José Peseiro foi o escolhido, e a acreditar no Presidente foi sempre a sua primeira opção.

Qual não é o espanto, quando, neste fim de semana, em entrevista a um órgão de comunicação social, Sérgio Conceição afirma que estava convencido que ia treinar o FC Porto, que tinha tudo acordado com o clube.

Para mim, mais importante em saber o que falhou (é apenas mais um entre tantos falhanços destes senhores que dirigem o nosso clube), é saber porque carga de água é que Pinto da Costa insiste em atirar areia para os olhos dos sócios.

A mentira tem perna curta, e quando de um dos lados está uma pessoa frontal, como é o caso de Sérgio Conceição, ainda pior para quem falha com a verdade.

Claro que Pinto da Costa pode alegar que Peseiro foi a SUA primeira opção e que outros dentro da SAD poderiam ter outras (AH anda constantemente a falhar a colocação de treinadores por si escolhidos), mas que mais uma vez esta Direção fica muito mal na fotografia, lá isso fica.

Anúncios