Nos últimos tempos tenho assistido com muito gozo e satisfação ao ranger de dentes que as pessoas afetas ao clube do regime têm demonstrado para com o nosso clube nas redes sociais.

Confesso que adoro vê-los estrebuchar sempre que ganhamos. Adoro vê-los procurar qualquer coisa que possam dizer para tentar denegrir as nossas vitórias. Aliás muitos deles puxam imenso pela imaginação para conseguirem ver aquilo que mais ninguém vê.

Então a semana passada porque tivemos uma vitória polémica é que foi. De repente todos os jogos que fomos prejudicados para o campeonato, os roubos que nos custaram a eliminação na Taça de Portugal e na taça dos correios já não contavam.

FOMOS BENEFICIADOS NUM JOGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Uau! A forma como têm sido levados ao colo não conta. A forma como venceram aquele mesmo adversário (Tondela) não importa, o que importa é que FOMOS BENEFICIADOS.

Eu sei, é estranho. Depois destes anos todos em que temos sido espoliados, termos  um jogo em que tivemos alguma sorte com a arbitragem não é coisa a que os de carnide estejam habituados.

Foi divertido vê-los falar do energúmeno (sim para mim é o que esse personagem é) que foi falar com um árbitro na Maia, esquecendo-se da pancada que deram a um outro árbitro em pleno Colombo há uns anos atrás. Isso não é coação nem violência. Violência é ir falar ou discutir com um árbitro.

Juro que não compreendo como é possível depois disto tudo eles andarem todos “borradinhos”.

Têm arbitragens, comunicação social, mais adeptos, tudo a seu favor.

Têm uma estabilidade na estrutura, preparam bem as épocas, com tranquilidade, enquanto nós temos uma estrutura caduca.

Nós que muito embora tenhamos tido tempo de sobra para preparar a época não o fizemos, foi tudo às três pancadas e partimos para esta época com um plantel curto para as exigências de um clube como o FC Porto.

Eles que vendem jogadores por milhões e nós apenas os conseguimos emprestar, porque ninguém pega nos nossos.

Mesmo com todas estas vicissitudes eles têm um medo tremendo do nosso clube.

E isso dá-me um gozo tremendo, ai dá dá!

Anúncios