Busca

Até os Comemos Carago

mês

maio 2017

Pinto da Costa, quando regressa dos mortos?

Os últimos anos não têm sido fáceis para os nossos lados.

Quatro anos sem títulos, perda de poder financeiro, dirigentes mais preocupados com comissões do que em triunfar, péssimas escolhas de treinadores, jogadores, etc, etc, etc.

Aliado a isto temos uma comunicação social agreste, que chega ao displante de camuflar assassinatos earguidos em casos do BPN por exemplo , mas que quando cantamos algo mais ofensivo, ou quando se passa algo em que, ainda que de uma forma indireta, nos implique se torna minuciosa e explora tudo até à exaustão.

E depois, a cereja no topo do bolo. Fomos roubados da primeira até à última jornada quase sem esboçar uma reação a sério.

As coisas andam a ser feitas de tal forma às claras que até tiveram a lata de castigar um jogador do clube da treta depois do campeonato terminar por causa de uma agressão que esse jogador cometeu.

Ao ver isto tudo, fico a pensar quando é que o nosso Presidente, aquele que não teve medo de uma “bomba”, aquele que sempre se ergueu contra o poder instituído, aquele que dava entrevistas em canais abertos, falará.

Quando é que regressará do mundo dos mortos para reassumir o seu lugar?

Não é só com programas no canal do  nosso clube a desmascarar o “polvo”. Embora reconheça que são importantes estes programas, se não houver o devido acompanhamento por parte de quem lidera o clube tornar-se-ão inoquos.

Por tudo isto fico à espera da ressurreição do nosso Presidente de modo a que possamos voltar a ser o que éramos.

Já sinto saudades.

Anúncios

Pela boca morre o peixe

Este fim de semana dois acontecimentos marcaram (mancharam) de forma lamentável tudo aquilo que andamos a apregoar semana após semana, dia após dia.

Em primeiro lugar o bloqueio que fizeram a uma das claques do clube, impedindo-a de expressar o seu repúdio pelo que tem acontecido nos últimos anos na estrutura do nosso clube.

Ora um clube que andou este tempo todo a lutar contra um regime que nos tem empurrado para baixo, e que até apelidou esta Liga de “Liga Salazar”, não pode mandar um assalariado qualquer impedir um grupo de pessoas que não precisa de ser bem remunerada pelo clube para expressar o seu amor ao mesmo, de poder livremente manifestar-se contra o que de mau vem acontecendo ano após ano.

Porque se é verdade que fomos muito prejudicados pelas arbitragens ao longo desta época, também não deixa de ser verdade que se torna difícil de explicar como é que um clube que supostamente começou a pré época em abril do ano passado não se tenha preparado devidamente para a mesma.

Outro facto que me desagradou imenso foi o discurso do nosso treinador.

Como é possível andarmos este tempo todo a falar de um polvo, a apresentar provas concretas de um esquema que está montado para favorecer um determinado clube e agora vir o nosso treinador dar os parabéns a esse mesmo clube pela conquista do campeonato?

Foi bem revelador da desorganização que grassa no nosso clube. Não me lembro até há poucos anos atrás isto ser possível.

Se o nosso treinador não está alinhado com o clube  e dá os parabéns a uma vitória conquistada de forma suja, com uma impunidade total, não está cá a fazer nada.

Felicitar esta conquista é dizer que o crime compensa e que apesar de tudo somos subservientes com isso.

Bater com a mão no peito e dizer Somos Porto não basta. É preciso sentir o que se diz. Será que se esqueceu quantos jogos fomos “roubados” ao longo da época? Será que se esqueceu da forma como somos tratados pela comunicação social? Será que se esqueceu da forma como Brahimi foi expulso em Braga? Será que não lhe ocorreu que só agora que o campeonato estava “oferecido” é que tivemos um árbitro a assinalar grandes penalidades a nosso favor?

Por muita estima que tenha pelo nosso treinador, comigo ele não ficava nem mais um dia ao leme do nosso plantel.

Para a semana termina o campeonato, num dia em que há dez anos atrás vencemos o D. Aves por 4-1 e conquistamos o campeonato.

Lembro-me bem desse dia porque infelizmente foi quando faleceu uma das pessoas mais queridas para mim (o meu avô). Um grande portista, talvez um dos maiores que conheci e que no dia anterior à sua morte tinha pedido ao filho para lhe levar uma camisola do FC Porto para festejar o título no dia seguinte.

Não o chegou a fazer porque faleceu horas antes do inicio do jogo, mas se ele fosse vivo nesta altura nem reconheceria o clube atualmente.

E só passaram dez anos….

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

nonagésimo segundo minuto

blogue de um portista indefectível exclusivamente para dragões dos quatro costados

Imbicto Poema

De Imbicto Portista para Portista Imbicto, um tribunal de reflexão e debate universal sobre o FC Porto

pedalo pela cidade

... mas também caminho por montes e vales!!!

+ EDUCação

Jornal da Educação de Valongo

O Mundo de Alice

um passeio pela vida e pelo mundo

Aventar

Expor ao vento. Arejar. Segurar pelas ventas. Farejar, pressentir, suspeitar. Chegar.

Porta 19

CURIOSO. CRÍTICO. PARVO. BARRIGUDO. CARECA. ADEPTO. SÓCIO. PORTISTA.

BiTri

Prognósticos só no final do jogo