Ontem, mal soube da oficialização do Sérgio Conceição como futuro treinador do nosso clube e que o mesmo iria ter a sua apresentação oficial às 17h, toca a ligar aqui o pc do meu local de trabalho no porto canal para assistir à mesma.

Confesso que não estava à espera de ficar tão bem impressionado com o discurso do agora nosso treinador.

Foi um discurso sem chavões, sem lugares comuns. Foi um discurso em que deu a nítida sensação que para ele, isto não é um trampolim, isto é o ponto alto da vida dele. É aqui que ele queria estar. É aqui que ele sempre sonhou chegar.

Comparado com o discurso de há um ano atrás de Nuno Espírito santo, foi uma lufada de ar fresco.

Sérgio Conceição não se preocupou em defender imagens, em ser politicamente correto (não quer dizer que tenha sido incorreto obviamente). Emocionou-se, falou com a voz embargada por vezes, sempre de sorriso no rosto, tal qual uma criança a realizar o seu sonho.

E já me estava a conquistar, quando tem a frase, e passo a citar, “não estou aqui para aprender, mas sim para ensinar”, acabou por me conquistar por completo.

Sérgio, de minha parte terás todo o meu apoio. Conseguiste-me entusiasmar, como há muito não me entusiasmava com um treinador do nosso clube.

Anúncios