Realmente as recentes loucuras do presidente (???) do Sporting têm dado cá um jeitaço, quer ao clube do outro lado da 2ª circular, quer ao jornalixo cá do nosso burgo para camuflar toupeiradas, lex, emails, lavagens de dinheiro, etc.

E neste etc dou o seguinte exemplo:

No passado mês de maio o clube que equipa de vermelho garantiu o futebolista João Amaral ao V. Setúbal como podemos ver no recorte abaixo.

joao amaral 1

Já na altura se achou muito estranha esta contratação, até porque o ex Presidente do clube Sadino afirmou que o mesmo já teria sido contratado no ano anterior, como o recorte abaixo comprova:

joao amaral 3

Mas eis que hoje sou surpreendido com esta noticia:

joao amaral 2

Mas então o jogador que já tinha sido seu e posteriormente vendido ao V. Setúbal, foi resgatado novamente este ano (ou terá sido a época passada) para depois ser vendido para o estrangeiro?

Terá ficado em Setúbal esta época para pagar qualquer coisa? Terá ficado para fazer como muitos outros o fizeram ao longo destas épocas, qualquer “jeitinho” durante os 90′, caso fosse necessário?

Ninguém questiona quando é que efetivamente foi vendido? Ninguém acha isto estranho?

E o que dizer disto?

alfa1

Relembrar que este jogador foi o mesmo que deu aquela mãozinha marota completamente desnecessária na última jornada deste campeonato e que ajudou o clube das papoilas a vencer o jogo que lhes “facilitou” o acesso à pré eliminatória da champions.

Termino com um pequeno apontamento de humor retirado do twitter do Baluarte Dragão, mas que diz muito do carater (ou da falta dele) das pessoas.

baluarte

Como diria Manuel Machado: “Um vintém é sempre um vintém e um cretino será sempre um cretino”.

Anúncios